Crefisa vai deixar o Palmeiras? Leila Pereira manda recado emocionante

Crefisa vai deixar o Palmeiras? Leila Pereira manda recado emocionante

A #Receita Federal tem o total direito de analisar todos os contratos de patrocínios com clubes de futebol no Brasil para verificar se não está tendo qualquer tipo de lavagem de

Leia tudo

A #Receita Federal tem o total direito de analisar todos os contratos de patrocínios com clubes de futebol no Brasil para verificar se não está tendo qualquer tipo de lavagem de dinheiro ou um envolvimento passional entre os donos das empresas e os clubes, o que acabaria causando com a falência destas organizações nacionais.
O governo federal vem tentando cuidar ao máximo das empresas e, como todos sabem, a empresária Leila Pereira, presidente da #Crefisa e FAM (Faculdade das Américas), decidiu, há alguns anos, investir pesado na Sociedade Esportiva #Palmeiras. O objetivo é tornar a equipe campeã da América e, posteriormente, mundial, assim tendo sua marca exposta por todo o planeta.Acontece que o contrato antigo da empresa com o clube tinha como objetivo a contratação de atletas e se caso o jogador fosse vendido por um valor menor, o prejuízo ficaria por conta da empresa. Porém, agora, a Receita Federal obrigou a ter uma mudança nesta cláusula.

Mudança no contrato

Agora, quando o atleta que foi comprado pela Crefisa for vendido por um valor menor, este prejuízo será do clube, ou seja, todo investimento da empresa no clube terá que ser devolvido pelo clube alviverde da capital paulista. Por conta disso a preocupação para contratar atletas se torna bem maior, já pensando em sua venda.Antigamente, no contrato, estavam registrados os investimentos feitos em atletas como uma despesa da empresa. Agora, a Receita obrigou que mudasse para empréstimo. Assim, quando o dinheiro for devolvido pelo Palmeiras, terá uma correção monetária.
Caso o jogador seja vendido por um valor maior, como foi o caso do zagueiro colombiano Yerry Mina, o lucro continuará sendo do clube e somente o valor investido pela Crefisa terá que ser devolvido.

Declaração de Leila

A Receita Federal multou a Crefisa em R$ 30 milhões por causa das contratações de 2015 e 2016. A recente contratação do meio-campista Lucas Lima já foi ajustada nos novos moldes do contrato.No entanto, Leila, mesmo com esses problemas afirmou: "Nunca vou deixar o Palmeiras". Agora, parte dos torcedores palmeirenses quer ainda mais a empresária como a presidente do clube, como é de seu desejo, já que está cumprindo o mandato de conselheira para poder se candidatar [VIDEO].Leila foi a conselheira mais votada da história do clube e agora aguarda poder se candidatar à presidência e comandar o clube alviverde da capital, mas continuando a patrocinar a equipe durante seu mandato