PVC revela fator que tem travado negociações de Corinthians e Palmeiras por Scarpa

PVC revela fator que tem travado negociações de Corinthians e Palmeiras por Scarpa

Um dos nomes mais cobiçados do mercado de transferências no Brasil na temporada, Gustavo Scarpa tem movimentado os bastidores de rivais paulistas. Tanto Palmeiras quanto Corinthians sonham com a

Leia tudo

Um dos nomes mais cobiçados do mercado de transferências no Brasil na temporada, Gustavo Scarpa tem movimentado os bastidores de rivais paulistas. Tanto Palmeiras quanto Corinthians sonham com a chegada do meia a seus elencos em 2018, quando ambos voltam suas atenções para a disputa da Conmebol Libertadores Bridgestone. Os dois, no entanto, encontraram a mesma dificuldade em avançar nos acertos. De acordo com o que revela o jornalista Paulo Vinícius Coelho, comentarista dos canais FOX Sports, em seu blog no portal UOL, os problemas financeiros do Fluminense são, atualmente, o entrave principal na história.

Isso acontece pelo fato de que os clubes paulistas definiram o mesmo modelo para tentar convencer o Fluminense a negociar sua joia do meio de campo: emprestando jogadores de seus elencos ao time das Laranjeiras. Além dos 3 milhões de euros (R$ 11,6 milhões) pedidos pelo Tricolor, Corinthians e Palmeiras negociam peças que já não têm espaço no elenco. O Verdão sugeriu Hyoran e Roger Guedes, enquanto o Timão colocou sobre a mesa os nomes de Fellipe Bastos e Lucca.

Mesmo com o aval do técnico Abel Braga diante dos jogadores oferecidos, o problema financeiro do Fluminense, no entanto, esfriou as negociações com Roger Guedes e Lucca, que esbarraram na falta de garantias para o pagamento de salários. Diante disso, Palmeiras e Corinthians não aceitaram pagar parte dos vencimentos de seus atletas, além daquele que seria investido no próprio Gustavo Scarpa.

Ainda de acordo com Paulo Vinícius Coelho, o recém-contrato Raí, que agora exerce o cargo de diretor-executivo do São Paulo, deve aproveitar uma passagem particular pelo Rio de Janeiro para conversar com Marcelo Teixeira, diretor do Fluminense, sobre o meio-campista.(Crédito da imagem: Celso Pupo/Foto Arena)

Posts Relacionados