Saiba se você tem transtorno de ansiedade

Saiba se você tem transtorno de ansiedade

Todo mundo fica nervoso ou ansioso de tempos em tempos, ao falar em público, ou quando está passando por dificuldade financeira.          Para algumas pessoas, porém, a ans

Leia tudo

          Todo mundo fica nervoso ou ansioso de tempos em tempos, ao falar em público, ou quando está passando por dificuldade financeira.
          Para algumas pessoas, porém, a ansiedade se torna tão frequente, ou tão forte, que começa a tomar conta da vida delas.
          Como saber se ansiedade normal do dia a dia ultrapassou os limites e se transformou em transtorno? Não é fácil. A ansiedade vem em diferentes formas, como ataques de pânico, fobias, ansiedade social... e a distinção entre um diagnóstico oficial e ansiedade "normal" não está sempre muito claro.

11 SINAIS QUE SUA ANSIEDADE 

VIROU TRANSTORNO.


1- Preocupação excessiva: No caso do transtorno da ansiedade generalizada, significa ter pensamentos ansiosos persistentes em quase todos os dias da semana, por seis meses.

2- Problemas de sono: Dificuldade em adormecer ou manter o sono associado a uma ampla gama de condições de saúde, tanto físicos como psicológicos. Exemplos: ficar deitado e acordado preocupado ou agitado com problemas específicos como dinheiro, ou nada em particular.

3- Medos irracionais: Se o medo se torna opressivo, disruptivo e muito fora de proporção do real risco envolvido, então é um sinal de fobia. Apesar das fobias serem incapacitantes.

4- Tensão muscular: A tensão muscular quase constante, quer se trate de apertar sua mandíbula, tensionando os punhos, ou flexionando os músculo por todo o corpo.

5- Indigestão crônica: A ansiedade pode começar na mente, mas muitas vezes se manifesta no corpo através de sintomas físicos. Exemplos: dores de estômago, cólicas, inchaço, gases, constipação e / ou diarreia. Nem sempre está relacionada com a ansiedade.

6- Medo de falar em público: A maioria das pessoas sentem pelo menos um frio na barriga antes de abordar um grupo de pessoas ou estar no centro das atenções. Mas se o medo é tão forte que nenhuma quantidade de treinamento ou prática vai aliviá-lo, ou se você fica pensando muito e se preocupando muito com isso.

7- Autoconsciência: Na maioria dos casos, a ansiedade é provocada por situações do cotidiano, como puxar conversa em uma festa, ou beber e comer em frente até mesmo de um pequeno número de pessoas.

8- Pânico: Imagine uma sensação repentina de medo extremo que pode durar vários minutos, acompanhados por sintomas físicos assustadores como aperto na gargante e peito, coração acelerado, mãos frias, tontura e fraqueza, dores no estômago e no peito.

9- Flashbacks: Reviver um evento traumático, um assalto, morte repentina de um ente querido.

10- Perfeccionismo: Se você está constantemente a julgar a si mesmo ou você tem um monte de ansiedade antecipatória de cometer erros ou aquém de suas normas.

11- Comportamento compulsivo: Os pensamentos obsessivos e intrusivos de uma pessoa devem ser acompanhados de comportamento compulsivo, seja mental dizendo: Vai dar tudo certo repetidamente, ou física: lavar as mãos, endireitando itens, etc.