Time reserva do Palmeiras vale mais no mercado que titulares de rivais

Time reserva do Palmeiras vale mais no mercado que titulares de rivais

Se o técnico Roger Machado quiser um dia escalar a formação completamente reserva do Palmeiras em um clássico do Campeonato Paulista, é provável que mesmo o time alternativo seja mais valioso do que

Leia tudo

Se o técnico Roger Machado quiser um dia escalar a formação completamente reserva do Palmeiras em um clássico do Campeonato Paulista, é provável que mesmo o time alternativo seja mais valioso do que os titulares do adversário. Em valor de mercado, uma possível equipe suplentes alviverde supera os recentes times principais usados por Corinthians, Santos e São Paulo.
O site alemão Transfermarkt, especializado em transferências de jogadores, o Palmeiras tem o elenco mais valioso do Brasil ao lado do Flamengo, ambos avaliados em R$ 357 milhões. Esse poderio se reflete também na escolha de quem formaria um time alternativo. Jogadores com passagens por seleção brasileira como o lateral Jean e o zagueiro Luan, fariam a equipe alviverde ficar bastante valorizada.

Uma formação de reservas do Palmeiras teria valor de mercado de cerca de R$ 146 milhões, segundo o site. A equipe teria: Fernando Prass; Jean, Luan, Juninho e Victor Luís; Thiago Santos; Gustavo Scarpa, Bruno Henrique, Moisés e Keno; Deyverson. Juntos, esses onze jogadores somariam mais do que os titulares de Santos e Corinthians escalados na última partida de ambos pelo Campeonato Paulista, no fim de semana.

O atual campeão brasileira alcançaria a cifra de R$ 118 milhões. Já o Santos, teria a soma de R$ 67,2 milhões, já que ainda não conta com a estreia do atacante Gabriel e não escalou Bruno Henrique. O São Paulo é quem se aproximaria mais em valor de mercado superior ao reservas do alviverde. O time do Morumbi entrou em campo contra o Bragantino, nesta quarta-feira, com uma formação avaliada em R$ 145 milhões, de acordo com o site alemão.

"Nosso time tem bastante qualidade. A gente tem trabalhado duro", disse nesta quarta-feira o volante Felipe Melo, do Palmeiras, que elogiou o trabalho de Roger em lidar com as disputas pela vaga de titular. "Tem sido muito importante tudo isso que o treinador tem feito, de deixar a gente alegre para jogar e para treinar", afirmou.

O teórico rascunho da formação alternativa do Palmeiras deixaria fora jogadores renomados para um terceiro time. Nele estariam jogadores com currículo de seleção, como o goleiro Weverton, o lateral Michel Bastos, que jogou a Copa do Mundo de 2010, e o meia venezuelano Alejandro Guerra.
 - Fonte: Estadão